Lições do Caminho de Santiago de Compostela

Sabia que o caminho me traria muitos ensinamentos e para falar a verdade saí de casa com sede de aprender cada um deles.

Meu vôo partiu de São Paulo para Madrid, foram 10 horas de viagem muito mal dormidas.

Cheguei em Madrid às 5h da manhã, peguei o metrô e fui até o hostel onde me hospedaria, ainda era noite.

Cheguei por volta das 8h no hostel, estava tudo fechado. Meu marido e eu decidimos andar um pouco pela cidade e buscar um local para tomar café, estava escuro e a cidade ainda dormia.

Seguimos andando, a mochila pesava nas minhas costas, encontramos um local aberto, sentamos para tomar café e depois seguimos de volta ao hostel, que seguia fechado.

Ele fica no segundo andar de um prédio, nesse mesmo prédio no terceiro andar existe outro hostel, então decidi interfonar nesse e uma pessoa me atendeu e abriu a porta. Aliviada entrei naquele pequeno elevador e subi até o segundo andar.

As portas estavam fechadas, bati e dois hóspedes atenderam, falando que a recepção funcionava somente a partir das 11h, ainda eram 10h.

Andei pelo pequeno corredor, havia umas oito portas, todas estavam fechadas.

Sentei-me em um banco do pequeno hall para aguardar.

Queria apenas deixar minha mochila e seguir caminhando por essa cidade que tanto me encanta.

O tempo passava e ninguém aparecia por lá, era hora de aprender o primeiro ensinamento dessa jornada: PACIÊNCIA, porque na verdade eu estava ficando sem ela.

Uma hora depois, lá estava a recepcionista, deixei minha mochila e pude caminhar com tranquilidade.

Desde lá venho exercendo a paciência. Em alguns restaurantes minha comida demorou a chegar, andei quilômetros embaixo do sol, tive frio, calor, fome, meus pés doeram, errei o caminho, ora não entendia o que me falavam, ora não conseguia me fazer entender em outra língua e às vezes sorrindo, outras não, me pedi paciência.

Hoje no caminho parei para usar o banheiro, coloquei bastante sabão na minha mão e quando fui lavar só caíram algumas gotas de água, a palavrinha veio a minha mente "PACIÊNCIA", deixei que cada gota pingasse lentamente nas minhas mãos até que todo o sabão se fosse.

Sigo meu caminho com aprendizados diários, tentando fazer do hoje melhor do que o ontem.

E você, gostaria de exercitar mais sua paciência?

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2016 por ReTkink